Polícia prende suspeito de agredir e roubar ex-primeira-dama de Itaberaí

Por Vitor Santana, G1 GO

Ex-primeira dama de Itaberaí, Eleni Soares, de 71 anos, mostra marcas de agressão após assalto — Foto: Rita de Cássia Mendonça/ Arquivo pessoal
Ex-primeira dama de Itaberaí, Eleni Soares, de 71 anos, mostra marcas de agressão após assalto — Foto: Rita de Cássia Mendonça/ Arquivo pessoal
Um homem foi preso suspeito de agredir e assaltar a ex-primeira-dama de Itaberaí, Eleni Soares, de 71 anos. A vítima teve a casa invadida duas vezes este ano e a polícia ainda investiga se foram pelas mesmas pessoas ou por grupos diferentes.
O suspeito foi detido devido a um mandando de prisão pelo segundo roubo, que aconteceu no dia 22 de novembro. “A princípio, ele é suspeito desse caso, mas ainda estamos fazendo investigações para definir se ele tem envolvimento no outro crime. Temos um outro preso, que foi detido por outro crime, mas que também é suspeito de participar do roubo contra ela”, disse o delegado Leandro Pinheiro.

A polícia acredita que outras pessoas tenham envolvimento com os crimes e segue no trabalho de investigação e identificação de suspeitos.

A primeira invasão à casa de Eleni Soares aconteceu em 7 de abril. A vítima rezava e foi abordada por criminosos armados. Eles levaram o carro, cheques, cartões bancários, documentos e celulares. Durante o crime, ela sofreu várias agressões e coronhadas.

Em novembro, criminosos invadiram novamente a casa e a agrediram várias vezes novamente. Eles fugiram levando dinheiro.

Veja outras notícias da região no G1 Goiás.