Homem é preso suspeito de se passar por contador para aplicar golpes em Goiânia: ‘Lábia boa’

Por Sílvio Túlio, G1 GO

Cláudio Neves Godoy é suspeito de se passar por contador para aplicar golpes em empresas — Foto: Polícia Civil/Divulgação
Cláudio Neves Godoy é suspeito de se passar por contador para aplicar golpes em empresas — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Um homem foi preso suspeito de se passar por contador para aplicar golpes em pessoas físicas e empresas de Goiânia. Segundo a Polícia Civil, Cláudio Neves Godoy, de 39 anos, não tinha qualquer formação na área e enganou ao menos 13 vítimas. O delegado Cássio Arantes do Nascimento informou que ele era muito bem articulado e se usava disso para cometer os crimes. Em um dos casos o prejuízo foi de R$ 80 mil.

“Como todo estelionatário, ele tinha uma lábia muito boa e com relação ao Claudio não foi diferente. O representante de uma empresa nos procurou e disse que ele se apresentava como contador. Aí ele fazia um contrato verbal para prestação de serviço sem ter habilitação para isso”, explicou.

Claudio foi detido na quarta-feira (27) no flat onde morava, no Setor Bueno. Em seu depoimento, ele preferiu ficar em silêncio. O G1 entrou em contato por mensagem com o advogado do suspeito e aguarda retorno.

Contra Cláudio já existem seis inquéritos abertos e outras sete ocorrências. Além de estelionato, há denúncia de crime de apropriação indébita. Agora, ele responderá por mais um estelionato.

A empresa cujo representante fez a denúncia disse que o falso contador prestou serviços por cerca de quarto anos. Ao desconfiar do golpe, descobriu que a declaração de Imposto de Renda da companhia nunca havia sido feita neste período.

Ele procurou o Conselho Regional de Contabilidade para avisar sobre a conduta, mas acabou descobrindo que ele não era registrado e sequer tinha formação na área. O delegado explicou que o suspeito aproveita de qualquer possibilidade para obter vantagens.

“São vários golpes. A gente tem falsificação de documentos para financiamento de veículos em nome dessas vítimas, tem falsificação de assinaturas para a locação de ao menos oito veículos e apropriação indébita de valores que seriam usados para pagar tributos”, enumera.

Veja outras notícias da região no G1 Goiás.

Cláudio Neves Godoy foi preso suspeito de aplicar golpes em Goiânia — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Cláudio Neves Godoy foi preso suspeito de aplicar golpes em Goiânia — Foto: Polícia Civil/Divulgação