Autor de série de furtos também é suspeito de se passar por funcionário da Celg para furtar idosa

Câmeras mostraram homem semelhante cometendo crimes em mais seis locais de Goiânia: no aeroporto, em um velório, em um centro espírita, em uma igreja, em uma faculdade e em um hotel.

Por G1 GO

Idosa diz que também foi vítima de homem que cometeu série de furtos em Goiânia

Idosa diz que também foi vítima de homem que cometeu série de furtos em Goiânia

Uma dona de casa de 61 anos denuncia que também foi vítima do homem apontado como o autor de uma série de furtos em Goiânia. Segundo a idosa, ele se apresentou como funcionário da Companhia Energética de Goiás (Celg) e a convenceu de deixá-lo entrar na residência. Indignada, ela diz que ele pegou o dinheiro da mãe dela de comprar remédio.

“Até hoje eu estou em choque, eu não acredito que cai em um golpe tão baixo desse. Eu não estou dormindo, estou muito chateada, muito contrariada com isso”, lamentou à TV Anhanguera.

Moradora do Setor Cidade Jardim, a idosa explicou que estava varrendo a área de casa, no último sábado (8), quando o suspeito, que não estava uniformizado, disse que precisava fazer o recadastramento dela para que economizasse energia. A mulher pegou a conta e mostrou para ele na porta do imóvel.

O criminoso e a vítima começaram a conversar e ele a convenceu de deixá-lo entrar na casa para verificar as lâmpadas. Em seguida, o homem levou a moradora para a porta da residência, entregou um celular e pediu que ela ficasse olhando no telefone e no relógio de energia.

O falso funcionário da Celg voltou a entrar no imóvel. Em seguida, pegou uma carteira com o dinheiro e documentos da mãe dela e saiu sem que a idosa notasse o crime.

 Vídeo mostra homem furtando bolsa em velório e aeroporto de Goiânia (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)  Vídeo mostra homem furtando bolsa em velório e aeroporto de Goiânia (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Vídeo mostra homem furtando bolsa em velório e aeroporto de Goiânia (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

A dona de casa tem certeza que se trata do mesmo homem que aparece em imagens de câmera de segurança cometendo crimes em Goiânia. “A estatura dele é a mesma, o jeito do cabelo dele é o mesmo, até o jeito de andar é o mesmo, entrada no cabelo, a mesma coisa”, afirma.

A Celg reforça que os funcionários só trabalham de uniforme e todos eles têm crachá de identificação. Além disso, segundo a companhia, o trabalho dos técnicos é quase sempre do lado de fora das residências, pois só acontece no interior quando há algum problema elétrico e o próprio morador pede ajuda à Celg.

Série de furtos

Além do furto da carteira, imagens de câmeras de segurança mostram um homem cometendo furtos em seis locais diferentes: no Aeroporto Santa Genoveva, em um velório, em uma sala de estudos de um centro espírita, no altar de uma igreja, em uma faculdade e em um hotel.

O primeiro furto ocorreu no dia 26 de abril, em um hotel. A gravação mostra o homem saindo com uma mochila na qual estava dois notebooks. Os funcionários acharamque ele era um prestador de serviços.

Ele voltou a agir no último dia 3 de junho, em um cemitério da capital. Câmeras de segurança registraram quando uma mulher entra na sala de velório com uma bolsa às 18h21. Um minuto depois, o homem é flagrado saindo do local com o objeto.

Outro vídeo mostra o homem agindo no dia 22 de junho em um centro espírita no setor Vila Nova. Na ocasião, ele levou a bolsa de uma mulher.

Cinco dias depois, em 27 de junho, o criminoso aparece andando nos corredores de uma faculdade como se fosse um aluno. Na hora do intervalo, ele entra em uma das salas com uma mochila e, em seguida, sai carregando outra. Foram furtados um computador, um fone de ouvido e materiais escolares.

No dia 29 de junho, câmeras flagraram quando ele furtou outra bolsa do altar de uma igreja no Setor Bueno. Para passar despercebido, ele cumprimentou o padre duas vezes, se passando por fiel.

Câmera registrou homem caminhando em direção ao altar para furtar bolsa em igreja (Foto: Reprodução/TV Anhanguera) Câmera registrou homem caminhando em direção ao altar para furtar bolsa em igreja (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Câmera registrou homem caminhando em direção ao altar para furtar bolsa em igreja (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

O furto mais recente ocorreu no Aeroporto Santa Genoveva, na última segunda-feira (10). A gravação mostra que a vítima está despachando as malas, e o homem a observa. Ele tenta se aproximar duas vezes dela para pegar a bolsa, mas hesita assim que a passageira se vira. Na terceira tentativa ele conseguiu pegar o objeto, o escondeu atrás da própria mochila e saiu caminhando normalmente.

A Polícia Civil acredita que se trata do mesmo homem em todos os casos. Odelegado responsável pela investigação, Washington da Conceição, afirma que usará um sistema de reconhecimento de face para localizar o autor dos furtos.

“Nós estamos em cima, batalhando, investigando e apurando. Vamos colocar esse elemento atrás das grades”, afirmou à TV Anhanguera.

Quer saber mais notícias de todo o estado? Acesse o G1 Goiás.

Vídeo revela homem escondendo bolsa furtada no aeroporto de Goiânia  (Foto: Reprodução/TV Anhanguera) Vídeo revela homem escondendo bolsa furtada no aeroporto de Goiânia  (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Vídeo revela homem escondendo bolsa furtada no aeroporto de Goiânia (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)