Análise: com “missão cumprida”, Cruzeiro mostra postura que ajuda planos de Mano

Time, campeão da Copa do Brasil e com vaga na Libertadores, foge de relaxamento, muitas vezes natural, expõe qualidades e falhas, permitindo melhor avaliação do técnico já de olho em 2018

Melhores momentos: Palmeiras 2 x 2 Cruzeiro pela 31ª rodada do Brasileirão

Melhores momentos: Palmeiras 2 x 2 Cruzeiro pela 31ª rodada do Brasileirão

A atuação frente ao Palmeiras esteve longe de encher os olhos. Porém, não deixar o relaxamento ditar o ritmo é um ganho importante. Com atletas compromissados em campo, fica mais fácil para Mano Menezes encerrar suas avaliações da temporada e, claro, ir ajustando a equipe para 2018. Afinal, a diretoria adiantou que a base será mantida. Sem apatia, a avaliação tende a ficar mais justa pelo comandante. Momentos de passividade fariam o treinador se preocupar mais com motivação do que com acertos técnicos que podem ser importantes para a próxima temporada.

– O título da Copa do Brasil dá uma confiança para qualquer equipe. Vamos terminar o Campeonato Brasileiro buscando uma melhora de produção, precisamos e podemos melhorar como equipe – comenta Mano.

Mano Menezes alerta: Mano Menezes alerta:

Mano Menezes alerta: “Precisamos e podemos melhorar como equipe” (Foto: Marcos Ribolli )

No primeiro tempo contra o Palmeiras, o Cruzeiro não finalizou, quase não incomodou o adversário. Os mineiros até marcaram, mas o gol foi contra, de Juninho, logo no começo. Em seguida, cedeu o empate. Na etapa final, o time celeste adiantou a marcação e explorou bem o contra-ataque. Robinho recolocou o time em vantagem. Mas parou por aí. O Cruzeiro desperdiçou novos contragolpes e não teve mais posse de bola. Suportou a pressão até os 40 minutos, quando Borja fez 2 a 2.

– Precisamos ficar mais com a bola, jogar mais, hoje sofremos muito, principalmente no primeiro tempo, por isso nos desgastamos muito fisicamente e não terminamos o jogo no ritmo que daria sustentação para suportar a pressão imposta pelo Palmeiras. Estamos contentes com a temporada. É daí para frente com algumas qualificações, que é a ideia para o ano, não muitas, mas qualificações pontuais – acrescenta o treinador.