Pai é condenado a indenizar namorado da filha após danificar o carro dele em distrito de Patos de Minas

Por Rodrigo Scapolatempore, G1 Triângulo Mineiro

Carro do jovem foi arranhado de fora a fora por parentes da namorada em Pilar, distrito de Patos de Minas — Foto: TJMG/Divulgação

Carro do jovem foi arranhado de fora a fora por parentes da namorada em Pilar, distrito de Patos de Minas — Foto: TJMG/Divulgação

Um jovem do distrito de Pilar, em Patos de Minas, no Alto Paranaíba, vai ser indenizado em R$ 5 mil por danos morais e materiais. Ele teve o carro danificado depois de ser flagrado nu dentro do veículo com a namorada pelo pai dela.

De acordo com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), ele foi abordado de forma violenta pelo pai e irmão dela, que danificaram o veículo.

O rapaz teve a lataria do seu carro riscada de fora a fora pelos parentes da moça. Do valor, R$ 2 mil serão por danos materiais referentes ao estrago do automóvel. A decisão é da 15ª Câmara Cível do TJMG.

De acordo com o Tribunal, o pai teria alegado em sua defesa que o namorado da filha, ao vê-lo, saiu correndo. E, por isso, teria decidido por danificar o carro dele.

Entendimento

Segundo o TJMG, na decisão, os desembargadores entenderam que as agressões e ameaças geraram pânico ao jovem, o que o obrigou a sair do carro às pressas.

De acordo com os magistrados, além da exposição vexatória, o dano moral se justifica pelo medo causado quando ele viu seu carro ser destruído pelo pai da moça.

Para os desembargadores, a mulher era maior de idade e namorava nua no interior do veículo de seu namorado por livre e espontânea vontade, direito que lhe é assegurado pela Constituição Federal.