ANM diz que vai interditar 36 barragens em Minas Gerais

Por G1 MG — Belo Horizonte

ANM vai interditar mais barragens em Minas  — Foto: Globo

ANM vai interditar mais barragens em Minas — Foto: Globo

A Agência Nacional de Mineração (ANM) afirmou nesta segunda-feira que vai interditar 36 barragens em Minas Gerais: 13 por não terem estabilidade atestada; e 23 por não terem entregado a declaração de estabilidade.

De acordo com a agência, entre as 13 estruturas, 10 são da Vale; já entre as 23, oito são da Vale.

As barragens da Vale que serão interditadas ficam em Barão de Cocais, Brumadinho, Itabira, Itabirito, Mariana, Nova Lima e Ouro Preto. Algumas delas já estavam fora de operação por determinação da Justiça.

As demais 18 barragens ficam em diferentes regiões do estado e pertencem a diversas empresas.

As empresas serão proibidas de depositar materiais nos diques e nas barragens. A ANM declarou que não há necessidade de retirada de moradores vizinhos a essas estruturas.

A declaração de estabilidade é obrigação prevista em lei. Desde a tragédia de Brumadinho, o parâmetro de medição da segurança passou a seguir normas internacionais, que são mais rígidas.

A agência não informou a partir de quando as barragens serão interditadas.